TRIBUNAL DETERMINA SUSPENSÃO DE LEILÃO DE BEM IMÓVEL RESIDENCIAL EM AÇÃO RESCISÓRIA

Em recente decisão determinada pela 8ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, o Desembargador Simões de Vergueiro determinou a suspensão de leilões judiciais de um processo de execução ajuizado há mais de 11 (onze) anos por entender liminarmente pela possibilidade de impenhorabilidade de um imóvel residencial ainda que este possuísse área destinada ao comércio. A matéria já havia sido julgada em primeira instância com afastamento da impenhorabilidade e execução sobre o bem. Proposta ação rescisória pela ZAPATERO ADVOGADOS ASSOCIADOS, a liminar foi concedida, ordenando a suspensão do praceamento sobre o bem imóvel.